sábado, 29 de setembro de 2012

Radiohead - Kid A



Eu tenho submetido em coisas ridículas ultimamente como Show beneficiário com renda revertida ONG de protetores de animais, Shows de bandas covers, simpatizante dos vegetarianos, visitas em dezenas de igreja, cerveja sem álcool, audição do ultimo álbum do Green Day, leitura do Stephen King ou listar os trinta melhores álbuns de todos os tempos [(do ou da) Sinewave].

Engraçado a gente implora tanto pela chuva e quando chuva cai com todas suas combinações cinza depressivas, nostálgicas e sorumbáticas; com todo barulho dos trovoes, das buzinas dos carros num transito lento, do barulho do funk oriundo de algum carro enguiçado no encostamento, do barulho do trovão novamente...

... Eu volto pra casa tentando desviar das poças d’águas ainda com a voz do pastor ecoando em minha cabeça. Eu vou chegar em casa e abrir a geladeira mesmo sabendo que nada mudou. Ouvir Green Day novamente? 

Abro a geladeira. Fecho a geladeira. Ligo o computador “Facebook – Grupos – Sinewave”. Lá Aldo Hanel, Fernando Augusto, Al e Gontijo Mendes discutindo o melhor álbum de 2012.

Preciso conversar com alguém que seja carnívoro, alguém que tenha sua fé abalada ou melhor que nem fé possua. Alguém que tenha corpo desprovido de alma, alguém profano e miserável que se fere com próprio riso, cadavérico e doentio.

Bruna liga webcam, seminua e uma enorme tatuagem no braço direito, seu cabelo avermelhado, liso e comprido, porém preserva seu rosto propositalmente da webcam. Há marcas em seu pescoço e sua orelha nota-se um pequeno alargador.
_Oi. “Tecla ela deixando aparecer suas unhas compridas e decoradas”.
Antes de responder aperto o play e começa “Everthing In Its Right Place”. Lembro-me da primeira vez que ouvi este álbum (Kid A) a estranheza que ele me causou... Por mais que eu esperasse algo novo, inovador, revolucionário... Sei lá. O estrábico Thom Yorke e sua trupe me deixaram na mão. Eu fiquei tão perdido naquele assincronismo, daqueles barulhinhos que surgiam do nada, das microfonias afáveis, delicadas, etc.

Testemunhei sua impaciência ao demorar de responder o seu “Oi”.

_Você que realmente quer teclar comigo?
_Sim. “Respondi”.
_Você é casado?
_Não. Eu sou viúvo.
_Cê tá brincando... Quantos anos você tem?
_Quarenta.
_Ah Tá. Quarenta com a camisa do Arctic Monkeys.
Na verdade a visão que ela tinha de mim na sua webcam era essa mesma, uma camiseta preta escrita Arctic Monkeys em amarelo.

_Oras... Apercebi que você gosta de Rock. Quais suas bandas favoritas?
_Pearl Jam, Radiohead, Blur, Ramones... São tantas
_Radiohead???
_É, Radiohead até lançar a merda do Kid A.

Então, veio à tona a primeira vez que eu ouvi Kid A, o fatídico dia da primeira audição. Não recordo se o dia estava chuvoso ou ensolarado... Mas havia um clima todo de frustração nas rodas de amigos quando assunto era o Kid A. Não que eu não estivesse gostado, eu apenas não estava preparado e, somente quando o burburinho negativo alastrou de vez, eu me toquei , tem alguma coisa realmente boa nesse Kid A... Toda aquela dessincronização musical, aqueles barulhinhos que surgiam e morriam do nada, que davam vida a dezenas de outros barulhinhos que também morriam do nada, e, Thom Yorke o estrábico agonizando em forma de musica, requebrando suas agonias e remixando o seu vazio...

_??????????
Tornei a olhar para a tela do computador os pontos de interrogações, reparei também que Bruna tinha mudado a direção da webcam, não conseguia enxergar seus braços e nem seus cabelos avermelhados. O que eu enxergava agora eram peitos grandes e com mamilos rosados. Peitos com certeza com currículo extenso: amamentados, acariciados, chupados, apertados, violentados, mas acima de tudo peitos grandes e  rosados.
Passei e repassei as mãos nos meus olhos acreditando que um era maior que outro, um olhar típico Thom Yorke... Entende?

_Desculpe pela demora, é que eu “tava” admirando seus atributos. Sabe?
_E ai gostou?

Depois que ela teclou isso, com sua mão direita ela ergueu seu peito esquerdo e alçou seu corpo aproximando da webcam, tive impressão que seu mamilo ia sair da tela do computador e adentrar em minha boca bastante salivada.

Senti o meu saco encolher e as bolas retrair quando no meu fone começou “How To Dissapppear Completely”. E retornando naquele dia fatídico eu tive plena certeza que esse era maior álbum do Radiohead de todos os tempos, não importava quantos álbuns eles já tinham lançados no mercado e quantos eles ainda lançariam. Nenhum seria tão impactante como esse.

_E ai gostou? Teclou novamente a menina de cabelos avermelhados e seios fartos.
_Sim, sim, sim. É claro.
_Gostaria que eu fizesse mais alguma coisa.
Simultaneamente começou a introdução no meu fone  “Idioteque”.
_Sim.
_O que?
_Eu queria que você dançasse?
_Dançar?
_Isto.
_Eu não sei dançar.
_Dance de qualquer jeito.
Foi então que ela levantou-se, estava nua como imaginava e era linda como eu não imaginava.
Não preciso dizer que ela estática ali na frente da minha webcam, que tem uma captação horrível de imagem que ela era milhoes de  vezes mais linda que Thom Yorke porém, ela dançando dava significado a todos aqueles barulhinhos, microfonias, assincronismo, estrabismo... KID A É FODA. 
   

Mudhoney - Live on KEXP




Motorama - Ouça agora a nova música "Rose In The Vase"

Motorama
O lançamento do aguardado segundo Álbum "Calendar" da Banda de Rostov-on-Don (Russia) está previsto para 05/11/2012. Confira abaixo a faixa Rose In The Vase




01--Image
02-White Light
To The Sout
04-Rose In The Vase
05-In Your Arms
06-Young River
07-Sometimes
08-Two Stones
09-Scars
10-During the Years


Muse - Live Lounge Special


sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Still Corners – Fireflies (Single)


 Novo single Fireflies mantém o Synth pop em alta num clima nostálgico (anos 80).
Ouça :

domingo, 23 de setembro de 2012

Dicas para o Domingo (The Rubens)

Formado em fevereiro em 2011, The Rubens é uma banda da Austrália composta por três irmãos: Zaac Margin(Guitarra), Elliott Margin(Teclado/Vocal), Sam Margin(Vocal/Guitarra) e o amigo de infância Scott Baldwin(Bateria).
O recém-lançado primeiro álbum que leva o mesmo nome da banda é embebido no Blues/Pop.
Confira:



1. The Best We Got
2. My Gun
3. Never Be The Same
4. Lay It Down
5. Be Gone
6. Elvis
7. The Day You Went Away
8. I'll Surely Die
9. Look Good, Feel Good
10. Don't Ever Want To Be Found
11. Paddy


sábado, 22 de setembro de 2012

Exitmusic - The Modern Age (Video Novo)

Liderado pela dupla Aleksa Palladino e Igreja Devon (marido e mulher) lançaram outro videoclipe "The modern age", música que faz parte do primeiro álbum "Passage" lançado no mês maio de 2012 


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Grizzly Bear - Shields



Engraçado, esperei pela chuva pra ouvir este álbum e, isto é serio.
Foram duas tentativas frustradas em dias ensolarados, o tempo seco, irritação do nariz, irritação dos olhos... E como a estiagem prolongou-se o mês de agosto inteiro e meado de setembro, esqueci-me deste álbum.
E antes que alguém me questiona se no encarte do álbum tem um aviso “Recomendamos ouvir em dias de chuva”. Não, não existe. Porem deveria, confesso que as duas tentativas frustradas houve crises de tosses ininterruptas, coceira nos olhos e dor de cabeça.  
Sou dotado de uma crendeirice prodigiosa e, acredito piamente no poder da música:
É música que revoluciona e dita novos padrões

É a musica que nos faz viajar sem sair do lugar

É a musica que nos faz gritar

Enfim...
Nuvens escuras no céu cobrindo milhares de estrelas, vento soturno que assovia e arrasta a poeira, folhas secas e sacolas plásticas. Ruas vazias ou quase, um cachorro vira-lata passa rapidamente a favor do vento talvez procurando um abrigo, o barulho que os fios elétricos sustentados pelos postes de concretos fazem é fantasmagórico, uma pipa desenrosca da afiação é segue a mesma direção da poeira, das folhas secas, das sacolas plásticas e do cachorro vira-lata.
Começa a chuva, uma chuva silenciosa e sem trovoes. O cheiro de terra molhada me enche de nostalgias, o cachorro vira-lata retorna todo molhado ainda em procura de abrigo.
Aperto o play:
Sleeping Ute – parece que o álbum vai funcionar com a chuva mesmo.  Não espirro, meus olhos estão livres da coceira e a musica é um emaranhados de ritmos que funcionam no primeiro instantes... Mas logo me lembrei do Jeff Buckley.

Eu também achei como muitos acharam que The Hunt e Yet Again lembra demais Radiohead.

Você não vai acreditar, talvez seja por causa da luz acesa do meu quarto, o cachorro voltou e ficou parado em frente do portão da minha casa.
Senti na obrigação de deixar o meu aposento quente e calmo e, sair descalço pela porta da sala na direção do portão da garagem. Comovido deixei entrar:
_Filha da puta – A cachorro abanou o rabo me molhando com a água fria da chuva.
Mas, foi nos primeiros acordes da música Half Gate que o som do trovão eclodiu fazendo tremer toda argamassa e ferragens da minha casa, o cachorro também saltitou da caixa de papelão que eu tinha feito como seu abrigo e, latiu desorientado.

Half Gate é que mais me impressiona deste álbum texturas de jazz e um coral longínquo, tambores e violoncelos.
A última música do álbum “Sun In Your Eyes” tem mais de sete minutos de duração e, durante esse tempo fiquei ali observando a chuva escorrer pela calçada, rápida e destrutiva. Enquanto eu ouvia:



It overflows, it overflows
It always runs
It overflows, it overflows
It always runs
Silver inside
Endless abundance overflows

Simultaneamente no termino da chuva coincidiu com o do  álbum. Abri o portão para o cachorro que estava desesperado pra ganhar a rua novamente e, uma nova irritação no nariz me fez espirrar dezenas de vezes.







The Killers - Full Amex UNSTAGED Show


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Eu ouvi , gostei e recomendo (The Orwells)





1.  Lays At Rest
2.  Mallrats (La La La)
3.  Halloween All Year
4.  All The Cool Kids
5.  Suspended
6.  Painted Faces and Long Hair
7.  Hallway Homicide
8.  In My Bed
9.  Never Ever 
10. Like No One Else
11. Ancient Egypt
12. Under The Flowers



The Vaccines - Live T in the Park 2012


quarta-feira, 19 de setembro de 2012

The Emperor’s of Wyoming - Novo projeto de Butch Vig



Um quarteto de amigos(Phil Davis, Franklin Lee,Pete

Anderson e Butch Vig) que fizeram música juntos 


trinta anos e agora, em uma explosão fértil de

 colaboração pela Internet, estão a fazer música

 novamente.

Vale lembrar que na gravação eles nunca trabalharam

 junto numa sala e, foi através da Web que o

 conseguiram o exito.

Ouça duas musicas do álbum de estreia:




Tame Impala - Elephant (Video Novo)

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Efterklang - Piramida (Ouça na íntegra)


Piramida é o quarto álbum da banda  dinamarquesa Efterklang, gravado numa cidade abandonada  Piramiden em Spitsbergen , uma colônia Russa  perto do Polo Norte.
A leveza sonora em confronto com temas sugestivos: melancolia e serenidade. 
Piramida é  um álbum  difícil, atmosférico e introspectivo.
Ouça:

1. Hollow Mountain 2. Apples 3. Sedna 4. Told To Be Fine 5. The Living Layer 6. The Ghost 7. Black Summer 8. Dreams Today 9. Between The Walls 10. Monument
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...